Polícia investiga PM suspeito de vender armas por aplicativos na Zona Norte do Rio

Meio Norte - O sargento da Polícia Militar Fábio Henrique Soares, de 39 ano, que foi preso na última Segunda-feira (1°), suspeito de tentar vender um fuzil em um shopping na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro está sendo investigado pela 14° DP para verificar se ele seria responsável por criar uma estante virtual de venda de armas. Na ocasião emq ue ele foi detido, ele tentava vender a arma por R$ 60 mil.

Há suspeita de que os armamentos fossem oferecidos através de aplicativos de mensagens pelo telefone celular. Os investigadores apuram se ele também está envolvido com a venda, por R$ 13 mil no último domingo (31), de uma pistola.

Nas negociações por aplicativo descobertas pela polícia, um traficante interessado na pistola se apresentava como "Urso da Serrinha". A polícia apura se o personagem foi criado para despistar ou se o grupo, efetivamente, tem ligação com criminosos do morro de Madureira, na Zona Norte da cidade.

Junto da pistola vendida no domingo, chamou a atenção dos investigadores a munição, semelhante à utilizada pela polícia do Rio de Janeiro. Os policiais agora tentam descobrir onde o sargento da PM obteve o fuzil que seria vendido no shopping no momento em que ele foi preso.

Comentários :

Translate

Pesquise

Doe e Ajude com PayPal

Receba notícias por E-mail