Na presidência há 68 dias, Bolsonaro mentiu ou distorceu informações 82 vezes


Folha Impacto - Levantamento divulgado pela agência Aos Fatos mostra a falta de compromisso do presidente Jair Bolsonaro com a verdade e a precisão das informações divulgadas por ele; segundo o levantamento, em 68 dias à frente da Presidência da República, Bolsonaro deu 82 declarações falsas ou distorcidas; temas mais frequentes de fake news do presidente são economia, ideologia e declarações a respeito de nomeações para a equipe de governo; fake news mais recente de Bolsonaro foi contra a jornalista Constança Rezende, alvo de linchamento nas redes sociais

Em meio à promoção do linchamento da jornalista Constança Rezende nas redes sociais a partir de uma fake news divulgada pelo presidente Jair Bolsonaro, um levantamento divulgado pela agência de checagem Aos Fatos mostra o grau de disseminação de informações falsas por parte do presidente.

Segundo o levantamento, em 68 dias à frente da Presidência da República, Bolsonaro deu 82 declarações falsas ou distorcidas. A base agrega todas as declarações de Bolsonaro feitas a partir do dia de sua posse como presidente.

Ao todo, de acordo com a agência, foram 149 declarações "passíveis de checagem". A média de informações falsas ou com algum grau de erro disseminadas pelo capitão da reserva é de 1,4 por dia.

Os temas mais frequentes de fake news do presidente são economia, ideologia e declarações a respeito de nomeações para a equipe de governo.

Comentários :

Translate

Pesquise

Doe e Ajude com PayPal

Baixe o App de Notícias