Sete suspeitos são presos e 800 quilos de drogas são apreendidos em operação no Complexo da Penha


Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) realizaram nesta terça-feira (18) uma operação em comunidades do Complexo da Penha, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Segundo a corporação, sete pessoas foram presas. Policiais apreenderam ainda 800 quilos de drogas, 46 granadas, 3.200 frascos de lança-perfume, munição, 11 rádios comunicadores, além de um carro que foi recuperado. Um fuzil, uma pistola e uma espingarda também foram encontrados.

Foram registradas trocas de tiros logo que os policiais chegaram na comunidade e barricadas foram incendiadas em algumas localidades para dificultar o acesso dos militares. Por volta das 9h, moradores relataram que uma retroescavadeira foi levada para o local com o objetivo de auxiliar na liberação de algumas vias. A PM confirmou que equipes policiais da Unidade de Engenharia, Demolição e Transporte (UEDT) estavam trabalhando na remoção dos obstáculos.



Por volta das 10h um ônibus foi incendiado na Rua José Maurício, na Penha. O veículo da empresa Transporte Machado fazia a linha Piabetá X Penha. Em nota, a Fetranspor repudiou o ataque, o segundo em menos de uma semana na Zona Norte. E ressaltou que "é importante lembrar que a inexistência de seguro para este tipo de sinistro e a crise econômica do setor, que tem feito as empresas perderem gradativamente a capacidade de investimento em renovação da frota, tornam inviável a reposição de ônibus incendiados".

Além dos policiais do Bope, atuam na comunidade agentes do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), do Batalhão de Ações com Cães (BAC) e do Grupamento Aeromóvel (GAM).

Fonte e mais no Jornal Extra

Comentários :

Translate

Pesquise

Doe e Ajude com PayPal

Baixe o App de Notícias