Nova testemunha diz que tiro que matou menina em Triagem partiu de tiroteio entre traficantes


O G1 teve acesso ao depoimento de uma testemunha que afirma que o tiro que matou Jenifer Gomes, de 11 anos, foi disparado durante um confronto entre traficantes. No dia da morte da criança, outras testemunhas haviam acusado policiais militares de serem os autores do disparo.

Jenifer foi baleada na terça-feira (14) em Triagem, bairro da Zona Norte do Rio. A menina chegou a ser socorrida para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, também na Zona Norte, mas não resistiu ao ferimento e já chegou morta à unidade de saúde.

O relato obtido descreve que, no local onde Jenifer foi atingida, que fica próximo ao bar que mãe da menina é dona, havia uma "boca de fumo" (ponto de venda de drogas).

Naquele dia, segundo a testemunha, houve um ataque de traficantes de uma quadrilha rival para matar um bandido conhecido como "Russinho".

A pessoa contou que viu a criança correndo em meio aos disparos e que, naquele momento, não havia policiais por perto. Jenifer vivia no conjunto Bairro Carioca, do programa "Minha Casa Minha Vida", área que segundo as informações é dominada por traficantes do Comando Vermelho.

Comentários :

Translate

Pesquise

Doe e Ajude com PayPal

Baixe o App de Notícias