Estelionatários são presos após flagrante no Engenho de Dentro


Dois homens suspeitos de praticar crimes de estelionato na Região Metropolitana do Rio foram presos, no fim da tarde da segunda-feira (14), na Zona Norte do Rio. A ação ocorreu em um lava-jato localizado na Rua Borja Reis, no Engenho de Dentro. Os criminosos foram identificados como Christopher Pablo Rodrigues Dexz Benrymenthz, de 26 anos; e Ericon Dorea Melo, e a prisão foi realizada por agentes da 22ª DP (Penha), que investiga a atuação do bando. Eles foram autuados pelos crime de estelionato, organização criminosa e falsidade ideológica.

Segundo a polícia, a quadrilha utiliza dados de empresas idôneas para realizar compras pela internet. Após receberem os produtos adquiridos com as informações falsas, eles revendiam os itens no mercado negro. O flagrante aconteceu no momento em que ambos haviam acabado de receber uma entrega de materiais de construção comprada de maneira fraudulenta. Levando em consideração as denúncias já comunicadas à Polícia Civil nos últimos dias, os prejuízos provocados pela quadrilha chegaria a R$ 150 mil.

Ainda de acordo com a polícia, a forma de atuação da quadrilha começa com o contato por e-mail, pedindo um orçamento por determinados produtos. Depois, encaminham documentos de empresas idôneas. Em seguida, as vítimas fazem contato com quem havia pedido o orçamento. Quem as atendem, no entanto, são criminosos da quadrilha, que confirmam as informações anteriormente encaminhadas. A polícia estima que o bando praticava mais de 20 golpes por mês. Os agentes trabalham agora para identificar os outros integrantes da quadrilha, assim como recuperar o material adquirido de forma ilícita.

Fonte: O Dia

Comentários :