Moça é morta seis dias após postar em rede social mensagem que irritou traficantes do Complexo do Caju, no Rio


Uma mulher foi assassinada após postar em uma rede social uma mensagem que desagradou a traficantes do Complexo do Caju, na Zona Norte do Rio, onde ela vivia. A ordem para executá-la partiu do chefe do crime na área, que está preso. O Ministério Público pediu a prisão dos envolvidos.

Helen Alves de Oliveira publicou postagem no dia 27 de fevereiro dizendo que um traficante armado em um ponto de venda de drogas assume o risco de morrer em um confronto com policiais.

A "sentença" veio seis dias depois: após ser condenada à morte pelos criminosos, no dia 5 de março ela foi espancada, torturada e esquartejada. Seu corpo foi queimado, o que dificultou a identificação.

Leia mais em G1

Comentários :

Translate

Pesquise

Doe e Ajude com PayPal

Baixe o App de Notícias