Homem tortura companheira grávida por suspeitar traição, pega táxi e deixa corpo em frente a hospital


Um feminicídio com requintes de crueldade contra uma grávida de 28 anos foi registrado na Delegacia de Polícia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Rio Grande (RS) na quarta-feira (17/10). O companheiro de Fabiane Desiderio Lopes foi preso preventivamente na noite desta quinta-feira e, em depoimento, confessou o crime à polícia. Ele disse ainda ter matado a mulher por sentir ciúmes e por desconfiar de uma traição. Segundo o delegado Roberto Sahagoff, responsável pelo caso, o corpo da vítima apresentava sinais de tortura.

O corpo de Fabiane foi encontrado em frente a um hospital da cidade. O autor do crime, de 29 anos, cuja identidade não foi revelada, disse à polícia ter pego um táxi com a vítima e a deixado sentada numa cadeira. O delegado afirmou que a mulher estava "praticamente morta" ao ser abandonada diante da unidade de saúde, após ter sido "torturada por horas".

Fonte e mais em Extra Online

Comentários :