Preso na Zona Norte, o homem acusado de matar namorada por não aceitar fim de relacionamento em Jacarepaguá


Policiais da 17ª DP (São Cristóvão) prenderam, na tarde desta sexta-feira (8/6), o produtor de eventos Rodrigo Bessa Paixão, o Digão, de 37 anos, em Bento Ribeiro, na Zona Norte do Rio. Ele é acusado de ter matado a tiros a ex-namorada, Natasha Conceição Fonseca da Silva, de 27 anos, no dia 27 de fevereiro deste ano. O crime ocorreu na casa da vítima, na Estrada da Boiúna, em Jacarepaguá, por volta das 20h.



Segundo as investigações da Delegacia de Homicídios, Rodrigo e Natasha namoraram por três anos, mas o acusado não se conformava com o fim do relacionamento. A jovem teria se envolvido com outra pessoa recentemente e essa situação teria revoltado Digão.

Semanas antes do crime, Natasha fez um registro de ameaça contra Rodrigo na Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá. Foram concedidas a ela medidas protetivas pela Justiça. Dias depois, Rodrigo teria voltado a agredir a ex-namorada e ela voltou a registrar o caso na polícia.



Aos policiais da 17ª DP, Rodrigo confessou o crime. A confissão foi filmada pelos agentes. Na gravação, questionado sobre o motivo do assassinato, Digão afirmou que a ex roubou “várias vezes”. Ele disse ainda que Natasha mexia sempre em seu telefone celular e ainda o traiu. “Muita coisa aconteceu. Três anos. Só eu que sei”, afirmou. Ao ser questionado sobre o que teria sido a gota d’água para o crime, Digão disse que foram “os estresses que já estava tendo”.

Rodrigo foi denunciado em março pela morte de Natasha. Pelo crime, havia um mandado de prisão preventiva em aberto. Contra ele havia ainda outros três mandados de prisão preventiva.

Comentários :