Batedor do Exército morre e tem arma roubada após atropelar homem na Av. Brasil, em Ramos


Um batedor do Exército morreu em um acidente, na manhã desta quinta-feira (7/6), na Avenida Brasil, na altura da Favela Favela Parque União, no Complexo da Maré, no bairro de Ramos, na Zona Norte do Rio. O militar estava de motocicleta quando atropelou um homem que atravessou subitamente a via, na altura da Passarela 9, no sentido Zona Oeste. A arma do militar foi roubada após o acidente. Na área do acidente, há um local utilizado por usuários de drogas. O homem atropelado também morreu no local.

Em nota, o Comando Militar do Leste (CML) lamentou o acidente e informou que o soldado, um motociclista militar, sofreu o acidente durante escolta de um dos comboios da operação desencadeada hoje pelas Forças Armadas, que fazem um cerco em seis comunidades da Zona Oeste, a maioria em regiões em que tráfico e milícia se enfrentam.


O CML informou que a pistola que não havia sido localizado na cena do acidente com o motociclista foi recuperada em perfeitas condições, juntamente com a munição e o carregador. Um Inquérito Policial Militar (IMP) está sendo instaurado para apurar as circunstâncias do acidente. "Neste momento, todas as providências legais cabíveis estão sendo tomadas pelo encarregado do inquérito", conclui a nota.

O Corpo de Bombeiros informou que foi acionado por volta de 8h50. Segundo o chamado, uma motocicleta estava envolvida no acidente, na altura do número 5.500 da via expressa. Equipes foram deslocadas para o local com o apoio de um helicóptero da corporação.


Devido ao acidente, o trânsito no sentido Zona Oeste da Avenida Brasil está congestionado da altura do Into até Ramos. No sentido Centro, o congestionamento começa na altura de Irajá e vai até Ramos, onde ocorreu o atropelamento.

Fonte: Extra Online

Comentários :

Translate

Pesquise

Doe e Ajude com PayPal