Assalto e troca de tiros assustam moradores e deixa militar ferido no Centro


Um assalto na Rua de Santana, no Centro do Rio, levou pânico a moradores e comerciantes da região na noite desta terça-feira (5/6). Por volta das 20h, um policial à paisana avisou para os agentes da Operação Centro Presente, posicionados no fim da rua, que um homem suspeito estava armado dentro de um veículo na altura da Rua Clementino Fraga. Os policiais então tentaram interceptar o carro. O bandido, por sua vez, começou a atirar na direção dos militares em uma tentativa de fuga. Os policiais revidaram. Um dos tiros acertou o policial à paisana, que foi levado para o Hospital Central da PM, no Estácio. Seu estado de saúde ainda não foi informado. O bandido foi preso no local.

— Quantas vezes eu vejo da janela vários assaltos que ocorrem aqui nessa rua. Hoje foi mais, que graças a Deus terminou com a prisão do bandido. É um clima de violência e tensão constante. As noites aqui não são nada tranquilas — conta Alex Bastos, de 32 anos, que mora no prédio em frente ao local da colisão.



Pelo menos seis perfurações de bala eram vistas no veículo. O caso foi registrado na 4ª DP (Praça da República). O proprietário do veículo foi localizado pelos militares. Assustado após o roubo, ele saiu correndo do local e seguiu pela Rua Clementino Fraga até a 6ª DP (Cidade Nova), onde começou a fazer o registro da ocorrência. Os agentes do Centro Presente encaminharam então a vítima para a 4ª DP, onde ela vai fazer o reconhecimento do criminoso.

De acordo com clientes que estavam em um bar próximo ao local do crime, pelo menos 15 disparos foram ouvidos durante a ação. Um táxi que estava logo atrás também colidiu no veículo roubado. A passageira tinha acabado de entrar no carro e estava em estado de choque após o episódio. Ela não quis comentar o caso. Testemunhas relatam ainda que o bandido estava em um carro vermelho antes de abordar a vítima no sinal de trânsito.

Via Extra

Comentários :