Sargento da PM é baleado na cabeça em tentativa de assalto em viaduto de Nova Iguaçu


O sargento da Polícia Militar Eduardo Silva Dias, de 48 anos, foi baleado na cabeça em uma tentativa de assalto na noite desta quinta-feira, no Viaduto da Posse, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense — a 350 metros da 58ª DP (Posse). O policial foi socorrido e levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), na mesma cidade. O estado de saúde do sargento, segundo a unidade de saúde, é gravíssimo. Ele está em coma e respira com a ajuda de aparelhos. Dias é o terceiro agente de segurança baleado em menos de 24 horas no estado do Rio: um cabo foi morto em Botafogo na noite de quarta-feira e um sargento baleado no Catete, na Zona Sul.



De acordo com o HGNI, o sargento deu entrada nesta noite, e está sendo atendido pelas equipes médicas na emergência da unidade. Policiais do 20º BPM (Mesquita) fazem buscas pelos criminosos na região.

Um sargento do Batalhão de Operações Especiais (Bope) também foi baleado, na manhã desta quinta-feira, no Catete, na Zona Sul do Rio. Alessandro de Souza Pimenta foi abordado por um homem quando passava pela Rua do Catete. Houve troca de tiros e o PM acabou sendo atingido por pelo menos três disparos.

O sargento foi levado para o Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro. De acordo com a Secretaria municipal de Saúde, o estado de saúde do sargento é grave e ele passou por uma cirurgia.

Cabo da PM foi morto na noite de quarta-feira, em Botafogo

Na noite de quarta-feira, um cabo foi morto a tiros em Botafogo, na Zona Sul, no fim da noite desta quarta-feira. De acordo com informações da PM, ele também teria sido vítima de uma tentativa de assalto na Rua Dezenove de Fevereiro, não muito longe da esquina com a Rua Álvaro Rodrigues. Lotado no Centro Integrado de Comando e Controle, a vítima foi identificada como Rafael Silva Estêvão. Ele foi o segundo PM morto em um único dia no município do Rio e é o 50º morto no estado apenas este ano.

Extra Online

Comentários :