Prefeitura e PM recolhem 4,5 toneladas de mercadoria ilegal na feira de Acari


A Prefeitura do Rio e a Polícia Militar realizaram mais uma operação conjunta, na manhã deste domingo (20/5), na Feira Livre de Acari, Zona Norte da cidade. O objetivo era coibir, principalmente, o comércio ilegal na região, supostamente originário de roubos de cargas e automóveis. Ao todo,foram apreendidas 4,5 toneladas de bancos, pneus e outras peças de carros, sem nota fiscal e recolhidas pela Comlurb.

Os fiscais de controle urbano apreenderam ainda outros itens, como 393 materiais elétricos, 53 pneus usados e produtos alimentícios — 1,9 mil pacotes de biscoitos, 282 embalagens de molho de tomate e 290 de batata palha, 376 garrafas de sucos, 417 latas de achocolatado, 244 sacos de farinha para tapioca e outros 96 de farofa, e 48 vidros de azeitona. Todos os produtos serão periciados para verificação da procedência. A Vigilância Sanitária também recolheu cerca de 750 kg de produtos fora da temperatura de acondicionamento ideal e, por isso, impróprios para o consumo. Durante a operação, foram removidos três veículos por estacionamento irregular.

Participaram da ação a Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer) e a Guarda Municipal do Rio (GM-Rio), ligadas à Seop; a Coordenadoria de Controle Urbano, da Secretaria Municipal de Fazenda; a Subsecretaria de Vigilância Sanitária; a Superintendência de Supervisão Regional da Pavuna; Comlurb e Polícia Militar.

Não é a primeira vez

Nos dias 14 de janeiro e 25 de fevereiro, a feira de Acari recebeu outras duas operações, que resultaram na apreensão de quatro toneladas de autopeças, 620 kg de alimentos, entre frios e perecíveis, garrafas de cerveja, peças de computadores, mídias em geral, bicicletas, óculos, receptores de TV a cabo, cosméticos, entre outros materiais.ri

Comentários :

Translate

Doe e Ajude com PayPal