Policial da UPP fica ferido e um homem morre durante troca de tiros na Rocinha


Um policial da Unidade da Polícia Pacificadora (UPP) Rocinha ficou ferido durante um confronto na Rocinha, na Zona Sul do Rio, na manhã deste domingo (27/5). Um homem, ainda não identficado, morreu na Rua 2, mas não há informações se ele teria participado do tiroteio. Duas pessoas baleadas na comunidade deram entrada no Hospital Miguel Couto, na Gávea. Segundo informações, chegaram por meios próprios.

Atingido no braço, o policial foi socorrido e levado para o Hospital Miguel Couto, na Gávea. Ainda não há informações sobre o seu estado de saúde. Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) estão na comunidade.

Em nota, a Polícia Militar informou que, por volta das 6h40, a base da UPP, na Rua 2, foi atacada por criminosos armados. Após o confronto, durante um patrulhamento, policiais militares encontraram um corpo próximo a Rua 2. O local foi preservado para a perícia e a Delegacia de Homicídios (DH-Capital) foi acionada.

Horas antes do confronto na Rua 2, durante a madrugada deste domingo, policias da UPP prenderam dois homens após abordagem policial. Um deles estava com um tablete de maconha e o outro com munições de calibre .40. As ocorrências foram registradas na 12ªDP.

Um vídeo feito por um morador e publicado pelo aplicativo Onde Tem Tiroteio (OTT-RJ) mostra o som do disparos na comunidade.






"Acordar na base do tiroteio em pleno domingo é tenso. Rocinha quer paz. Ninguém aguenta mais", escreveu um morador. "Esse tiroteio aqui na Rocinha está parecendo o da última invasão. Muito tiro", relatou uma moradora.

"Não tenho o direito nem de dormir até tarde no domingo. Tiroteio danado. Morador passa mal na Rocinha", reclama a moradora.



Fonte: Extra Online

Comentários :

Translate

Pesquise

Doe e Ajude com PayPal